bootstrap html templates

               Como funciona a sessão

    A sessão tem média de 1h30, contendo uma parte verbal, uma parte bioenergética (cerca de 1 hora de respiração consciente assistida), integração da experiência (insights, percepções, clareza) e feedback.

Ela é individual e confidencial. O cliente pode trazer a questão que deseja trabalhar, mas o corpo é quem vai ditar o processo. Ou seja, não é uma terapia diretamente mental; o processo é muito mais corporal e emocional.

Nosso corpo sabe muito mais que nossa mente. Todo sentimento ou emoção que supriminos, deixa uma marca no corpo: uma memória celular, mesmo que a mente "esqueça".

                Durante a respiração, o cliente é posicionado deitado de modo relaxado. O praticante pode experienciar emoções, sensações físicas e memórias. Conforme surjam tensões, o facilitador guiará o processo, mantendo a respiração consciente e auxiliando o cliente a ultrapassar os desafios que possam surgir e limitar o fluir.

O objetivo da sessão é a integração. Integração é o oposto da supressão (que gera distúribios respiratórios, couraças musculares, sintomas físicos e emocionais). Integrar é experenciar e aceitar totalmente: do jeito que é, do jeito que foi. E assim, a liberação acontece tanto no físico, quanto no mental.



Mas como isso acontece?

A respiração reflete diretamente no nosso estado psíquico. A reação mais comum as experiências emocionais intensas é a alteração do ritmo respiratório.

Ao estimular a respiração de Renascimento, o nível de CO2 diminui no cérebro e no sangue. Isso faz com que o sistema nervoso se acalme.

                Durante a respiração, o EEG (eletroencefalograma) mostra que as ondas cerebrais são tão baixas quanto na onda Theta e Delta, também conhecidas como portas para o subconsciente.

Segundo a filosofia oriental, respirar é inalar energia vital. A respiração revitaliza e revigora o corpo e a psique; equilibrando o fluxo de energia dos chakras. Ela promove regulação e um aumento agradável no fluxo de energia no corpo: o prana, ki, ou chi.


Sessões individuais ou em grupo?

As sessões são individuais, porém trabalhos podem ser feitos em grupo (vivências ou workshops), desde que o momento da respiração seja acompanhado de perto por um profissional capacitado. Cada pessoa tem seu tempo e suas necessidades.

Exercícios aplicados em treinamentos de alto impacto (Leader Training), por exemplo, geralmente não são Terapia de Renascimento; e sim uma prática que utiliza de narrativas guiadas (indução até a vida intrauterina) e exercícios respiratórios com hiperventilação.

A diferença entre a hiperventilação e a respiração circular de Renascimento é a expiração forçada e a alta velocidade. A hiperventilação visa grande descarga emocinal; mas esse estado catártico não é, necessariamente, terapêutico.

 Resumidamente, a Terapia de Renascimento, não visa reviver algo de maneira dramática. É uma técnica amorosa de conexão com o Ser respeitando o tempo de cada um. A respiração é relaxada e não produz hiperventilação. Ela é conectada, consciente e permite que a energia flua pelos canais do corpo.


Sessão à seco ou na água?

Sessões podem ser dadas na água após o praticante já ter realizado sessões a seco (em colchonete). A respiração pode ser feita de barriga para cima ou submerso com snorkel. O facilitador perceberá a evolução do processo; mas o indicado, em geral, é respirar em ambiente aquático após um ciclo de 10 sessões a seco.

Rebirthing em água morna/quente: provoca maior relaxamento e estimula lembranças do útero.

Rebirthing em água fria: provoca desconforto e estimula a compreensão da dor. (Em água fria, a temperatura do ar deve estar amena)




       

Endereço

R. Paracatu, 309 - Sala 76
Saúde, São Paulo - SP
04302-020

Contatos

vivianlarita@gmail.com
+55 (11) 99419-8906

Instagram

@vivianarita
@circulodevento